Vereadores de MT declaram apoio à PEC que propõe eleição única e estende mandato deles até 2022

PEC propõe a unificação do pleito para todos os cargos eletivos no Brasil em 2022 — Foto: Divulgação/TRE-RN

 

A União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT) declarou apoio uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 56/2019, que propõe a unificação do pleito para todos os cargos eletivos no Brasil em 2022.

Como consequência, os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores seriam estendidos por mais dois anos.

O vereador de Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá, Edclay Coelho (PSD), que preside a UCMMAT, deve se reunir no dia 30 de maio, na capital, com os parlamentares de outros municípios para discutir a proposta.

A expectativa é que cerca de 800 dos 1,4 mil vereadores do estado façam parte do evento.

“Queremos reunir os vereadores, saber qual o posicionamento deles e defendermos a unificação. Estamos em um país que está tendo corte na educação, segurança pública e, se não houver eleição em 2020, vamos gerar uma economia de R$ 2,5 bilhões”, defendeu Edcley.

Ainda não há previsão para a PEC ser votada.

Atualmente, ela tramita na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC) na Câmara dos Deputados, sob relatoria do deputado federal por Mato Grosso, Valtenir Pereira (MDB).

Por: G1 MT

Deixe seu cometário